" Mas ela gosta de colecionar segredos. Coisas grandes, que ela guarda dentro de uma caixinha. É doce, doce, extremamente doce, tão doce. E ela fica ali, mastigando alegrias. "
( Caio Fernando Abreu )

domingo, 23 de junho de 2013

Nosso tempo

Aqui, 
nesse por enquanto, 
rezo para que o restante do fim 
dignifique o passado de memórias vivas nos passos suaves, 
dados em nossa história compartilhada. 

Que a velhice não se torne pedra difícil de rolar, 
que não seja medo de arriscar, 
que nossas tralhas contem histórias, aliás...
que nossas histórias estejam gravadas em nosso olhar. 

E que os brancos fios surjam para mostrar 
que fomos tão insistentes quanto eles 
em recomeçar sempre que necessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota."
Grata pelo seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...